Criança mordida na escola / Minha reação e opinião


Olá meus queridos, hoje neste post vou contar para vocês minha experiência com o primeiro ano de escola da minha filha de 3 Anos. 1 de Fevereiro de 2016, ela estava com 2 anos e 11 meses e foi para a escola. A princípio me surpreendeu a reação dela, pois se comportou super bem, não sentiu medo e nem falta dos pais... não chorou! fiquei bastante surpresa porque imaginei o chororó quando eu e o pai dela tivéssemos que ir embora, só que não!  Gente ela nem ligou para a gente! Ficou lá sentadinha super comportada e voltou para casa super feliz. 
 Mais logo na primeira semana veio a surpresa. Como de costume qualquer coisinha que acontece ela sempre vem me mostrar e assim que entrou em casa já foi logo me mostrando o bracinho mordido. E agora, o que faço? Mãe inexperiente que sou....!  Então como era uma sexta-feira e no dia seguinte não tinha aula, tratei logo de tirar uma foto. Na segunda-feira fui até a escola e conversei com a Professora, mostrei a foto e acreditem ela nem tinha visto a criança ser mordida por que quando aconteceu ela não fez aquele escândalo que de costume as crianças fazerem. Ok! Pedi que observasse por que minha filha realmente não é de chorar. 
Eu sei o quanto é difícil conter várias crianças e por mais que as professoras tentem algo assim vai acabar acontecendo e nós pais e mães também temos que ficar atentos as nossas crianças. 


Na semana seguinte ao chegar da escola fui dar banho nela e quando tirei a blusa, me assustei! na mesma marca havia 2 mordidas, de imediato tirei a foto e pelo Whatsapp conversei com a professora outra vez!  Novamente ela não tinha percebido porque a criança não reclamou e nem chorou. Minha reação com a de qualquer mãe é ficar irritada! Mais com muita calma pedi a professora que observasse a menina e ficasse atenta a essa coleguinha, também ensinei a minha filha que quando algo desse tipo acontecesse é preciso falar com pró e contar o que está acontecendo. Bom eu agi como achei que deveria e deu certo, pois se ensinarmos as crianças a resolver as coisas com grosseria ou com revide, no futuro essa criança pode se tornar agressiva. 
Hoje estamos em Julho e este fato não aconteceu mais.

Espero que minha experiência seja útil a alguém! 

Não esqueçam de conhecer o canal e se Inscrever, tem muitos temas variados! 


Topo